Poder das Palavras

Poder das Palavras

Há vários versículos em que o Senhor nos alerta em relação a nossa língua (o nosso falar), pois as nossas palavras têm poder.

Elas são como sementes que crescerão e darão frutos, sejam bons ou ruins, sejam para a vida ou para a morte. (“De uma mesma boca procede benção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim”, Tiago 3:10)

Se não soubermos usar a nossa língua, ela poderá ser um mal mortífero tanto para nós como para aqueles a quem nós estamos direcionando nossas palavras, e de acordo com a palavra do Senhor, seremos responsáveis por cada uma delas. (“mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homes disserem hão de dar conta no dia do juízo, porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras será condenado, Mateus 12: 36,37)

Muitas vezes nos revoltamos com as nossas vidas, por aquilo que estamos passando, mas, esquecemos que muitas das coisas que estão acontecendo conosco, são resultados das nossas próprias declarações. Podemos até nos esquecer do que falamos, mas o Reino Espiritual não esquece. Por isso, pense bem antes de falar, porque iremos ficar presos às nossas palavras, (“E ficaste enredado pelas declarações que saíram da tua boca, então és prisioneiro da tua própria palavra, PV 6:2).

Deus criou o universo falando, e tudo que Ele fazia (com suas palavras) era bom (Gn1); e Um mundo inteiro foi criado pelas suas declarações …

Nós também precisamos criar tudo o que é bom, que traz vida, pois temos o poder de vivermos de acordo com o “mundo” que o Senhor já estabeleceu para nós. Estamos vivendo sim em um mundo de desafios, mas de acordo com as nossas palavras, podemos torná-lo em grandes vitórias, um mundo de dor, mas podendo ser tornado em curas, um mundo de tristeza sendo transformado em alegria, esperança, força, amor, solidariedade, respeito, saúde etc. Porque através do sacrifício de Cristo na cruz, um novo mundo foi construído para nós. (Quem é o homem que deseja a vida, que quer largos dias para ver o bem? Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano, SL 34:12,13)

Isso é o Reino de Deus, é hora de criarmos aquilo que é bom e nos satisfazer com os bons frutos de nosso próprio plantio.
Você é o único responsável pelo mundo que você mesmo cria. Está na hora de você mudar as suas declarações e parar de reclamar de sua própria criação. (“A morte e a vida estão no poder da língua, e aquele que a ama comerá do seu fruto, PV 18:21)

Deixe uma resposta